19 abril 2016

[Resenha] Psicose, Robert Bloch

Psicose



Sinopse: Livro que deu origem ao mais famoso filme de suspense de todos os tempos. Psicose conta a história de Marion Crane, que foge após roubar o dinheiro que foi confiado a ela depositar num banco. Ela então vai parar no Bates Motel, cujo proprietário é Norman Bates, um homem atormentado por sua mãe controladora. Belo suspense, de tirar o fôlego!

Páginas: 240
Editora: DarkSide


Baseado em fatos reais, e um dos maiores clássicos do gênero, Psicose nos conta a história de Morgan Beats, e o relacionamento abusivo e destrutivo com sua mãe imensamente possessiva. Donos de um Motel no meio da estrada, pouco movimentada eles recebem poucos clientes mas tem uma vida sustentável se não fosse pela relação que tem um com o outro.

Fadigado da vida ao lado da mãe, Morgan jamais foi capaz de abandoná-la e hoje, com mais de 40 anos, jamais teve uma mulher ou um relacionamento completamente estável. Sua rotina é drasticamente abalada quando recebe em seu motel uma bela mulher, Marion Crane, que lhe desperta desejo, consumida pelo ciumes e cólera, sua mãe assassina a nova hospede ainda no banho e Morgan, passa a seguir passos cuidadosos para esconder o corpo e os possíveis indícios de que aquela mulher já esteve ali algum dia.



Marioin, está fugindo depois de roubar uma enorme quantidade de dinheiro e apesar de não saber quais passos dar, planeja encontrar o noivo e fugir, apesar seus planos serem drasticamente interrompidos, Marioin deixou para trás uma irmã afogada em preocupações, um chefe louco de ira e que deseja seu dinheiro novamente, contratando um investigador para procura-la.

Se fosse apenas isso, essa história jamais haveria se tornado um dos mais memoráveis e aclamados, o lado lúgrube que cerca Psicose, invade o leitor sem qualquer aviso surpreendendo e chocando. Há quem diga que a história é sobre a Marioin, mas para mim, ela sempre será sobre os Beats, ou melhor, sobre o Morgan Beats e como o caos de uma vida pode afetar intangivelmente um homem incapaz de lidar sozinho com suas mazelas.

O filme, inspirado no livro, tem sua versão em preto e branco o que dá algo peculiar e característico a toda a narrativa. É surpreendente, chocante, indescritível.

Lí e recomendo.

Milla Nascimento.

9 comentários:

  1. Psicose é um clássico tanto na literatura quanto no cinema.
    Acredita que nunca assisti o filme? O livro tenho e pretendo ler uma hora dessas.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Adoro Psicose. Assisti aos dois filmes, o de 1960 e o de 1998.
    Com o grande sucesso de 60, chegaram aos cinemas as sequencis, Psicose 2 e Psicose 3, sem Hitchcock na direção. Atualmente há a série Bates Motel, que gosto muito.
    Ainda não adquiri o livro. A DarkSide, como sempre, deixou a edição impecável.
    Ótima resenha!

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A Darkside sempre surpreendentemente brilhante em suas edições. Eu amo essa história e quero muito esse livro. Ótima resenha, bjos.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Tenho muita curiosidade para ler Psicose. Já conheço a história pelo filme e também o relacionamento de Norman com sua mãe por conta da série Bates Motel (super recomendo). Mas acredito que ler o livro trará ainda mais intensidade à essa história.
    Espero ter a oportunidade de ler em breve.
    Beijos.


    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  5. Mais um livro da DarkSide que quero muito comprar e ler, desde que comecei a ler os livros da Editora, me apaixonei por ela e pelo seus livros. Ótima resenha, só me deixou com mais vontade de ler.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Mila parabéns pela leitura desse clássico e pelo texto que ficou maravilhoso. Despertou minha curiosidade. Apesar de ser uma história mega conhecida, que já tem filme e série, sempre acaba despertando o interesse na leitura por seus detalhes da psique humana que acredito, só lendo para sentir na pele.
    Amei sua foto e mais uma vez parabéns. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu quero muito ler esse livro, o filme é massa, mas essas edições da editora deixa qualquer um com água na boca, mesmo que não tenha gostado do filme.

    ResponderExcluir
  8. Oi Milla!
    Que angustiante esse suspense! Mas parece ser uma ótima história para um livro ou para um filme! A propósito, eu não sabia que o filme havia sido inspirado no livro.
    O fato de o personagem ter 40 anos e nunca ter tido um relacionamento já me chocou, mas quando você conta o restante da história, fiquei aqui super curiosa para saber como se dá esse assassinato e chocada ao mesmo tempo!
    Vou ver se tomo coragem para ler ou assistir!
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Meu sonho de consumo é ler esse livro, um dos clássicos perfeitos de todos os tempos, essa edição da Darkside é de arrasar corações. Adorei a resenha!!!!

    ResponderExcluir